Content feed Comments Feed

DESCONTO INSS 2011- TABELA

Postado por Rafael Zucco quarta-feira, 11 de maio de 2011
Gostou do Blog "Fotos de Famosos"?- Tecle Ctrl + D e Salve nos Favoritos.

Trabalhadores que exerçam atividades regidas pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) têm o desconto da previdência social já descontado diretamente na folha de pagamento e com incidência sobre todos os ganhos que receber da empresa.

É importante e obrigatório o pagamento da contribuição ao INSS. Alguns direitos que o trabalhador adquire ao pagar o INSS são: direito à aposentadoria por tempo de serviço ou por idade, seguro contra acidentes pessoais e acidentes de trabalho, o que permite ao trabalhador receber toda a assistência em caso de doença ou acidente de trabalho, dentre tantas outras vantagens que asseguram e resguardam o trabalhador. Por isto a importância de certificar-se que a empresa onde trabalha recolhe e efetua o pagamento de sua contribuição ao INSS, todos os meses, corretamente. Procure se informar se o pagamento de suas contribuições ao INSS estão em dia e em caso de discordância, regularize a situação o mais rápido possível.

O percentual de desconto a ser pago é calculado através da alíquota para fins de recolhimento do INSS, onde cada trabalhador irá contribuir de acordo com o seu salário e categoria de trabalho.

O desconto INSS 2011 não sofreu muitas alterações sobre o valor do que foi aplicado no ano de 2010.

Tabela Vigente de desconto do INSS 2011 - Tabela de contribuição dos segurados empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso, para pagamento de remuneração a partir de 1º de Janeiro de 2011.

Salário de contribuição (R$): até R$ 1.106,90
Alíquota para fins de recolhimento ao INSS (%): 8,00

Salário de contribuição (R$): de R$ 1.106,91 a R$ 1.844,83
Alíquota para fins de recolhimento ao INSS (%): 9,00

Salário de contribuição (R$): de R$ 1.844,84 até R$ 3.689,66
Alíquota para fins de recolhimento ao INSS (%): 11,00


Até o dia 31 de dezembro de 2010, a tabela vigente era:
Salário de contribuição (R$): até R$ 1.040,22
Alíquota para fins de recolhimento ao INSS (%): 8,00

Salário de contribuição (R$): de R$ 1.040,23 a R$ 1.733,70
Alíquota para fins de recolhimento ao INSS (%): 9,00

Salário de contribuição (R$): de R$ 1.733,71 até R$ 3.467,40
Alíquota para fins de recolhimento ao INSS (%): 11,00

A nova tabela com os respectivos valores de contribuição poderá ser visualizada no site da Previdência Social através do endereço eletrônico da instituição:

A Previdência social alerta ainda em casos específicos que o contribuinte individual que, no mesmo mês, prestar serviços a empresas e, concomitantemente, a pessoas físicas ou exercer atividade por conta própria deverá, para fins de observância do limite máximo de salário de contribuição, recolher a contribuição incidente sobre a remuneração recebida de pessoas físicas ou pelo exercício de atividade por conta própria somente se a remuneração recebida ou creditada das empresas não atingir o referido limite.


0 comentários

Postar um comentário

Clique em "Curtir":

Marcadores

Sobre o Autor:

Rafael Zucco
, 28 anos, Palmeirense, Guarulhense e Boa Gente, escreve em Blogs desde 2008 e gosta de jogar Poker nas horas vagas.